Como Criar Um Plano de Negócios

Abrir um negócio de forma errada pode ser uma catástrofe para o empreendedor e pode causar-lhe muitos prejuízos financeiros e também emocionais e psicológicos, então vamos aprender como criar um Plano de Negócios para ter sucesso na abertura da empresa e também para evitar todas essas dores de cabeça que ninguém quer ter.

Antes de continuar a leitura, quero informar que este é um site de apoio ao empreendedor brasileiro tendo não somente artigos, mas os serviços de hospedagem e criação de sites, então quando sua empresa for ter seu próprio site, não esqueça que aqui na Hospedagem MEI há tudo o que você precisa para hospedar seu site com alta tecnologia e servidor no Brasil.

Como Criar um Plano de negóciosFazer um Plano de Negócios não é nenhuma brincadeira e também não é algo simples que se faz sentado em uma cadeira em apenas 30 minutos. Um Plano de Negócios, como o próprio nome diz, é um PLANO, e pelo que todos sabemos planejar é algo que necessitamos investir tempo para pensar e analisar tudo para tomarmos decisões e dar os passos corretos, mas também não é algo que seja impossível de fazer ou que se necessite a posse de um diploma de administração ou algo assim.

Em Que Consiste e Qual Sua Finalidade

Um Plano de Negócios nada mais é do que um guia de como tornar realizável um projeto qualquer, de forma que todos os passos nele constantes, levem ao resultado final que é o sucesso na sua execução com o objetivo de atingir uma meta, uma criação, gerar valor, gerar renda ou simplesmente gerar satisfação.

O Plano de Negócios serve para você organizar suas ideias de forma que elas fiquem alinhadas da melhor maneira possível a proporcionar um resultado satisfatório no final do processo.

Ele primordialmente deve ser escrito e contendo uma descrição detalhada e objetiva das metas a serem alcançadas por um negócio e também qual o caminho a seguir para que essas metas sejam de fato alcançadas.

Ele vai permitir também você não cometer erros diretamente na execução e sim mostrará para você os erros ainda no papel, permitindo que você consiga fazer correções necessárias antes de investir seu tempo e dinheiro.

Sem um plano de negócios é muito arriscado você criar um negócio do zero, pois o plano permitirá que você descubra a viabilidade da sua ideia e vai lhe dar o caminho para buscar mais informações sobre o nicho de atuação que você escolheu para a sua empresa, compreendendo também melhores detalhes sobre produtos, serviços e fornecedores.

No final do processo o seu plano de negócios irá lhe dizer se vale a pena trabalhar nesse nicho e com esse tipo de negócio que você está pensando em abrir.

ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS

Pontos Iniciais – descreva o mais completo possível, os itens abaixo:

  • Em que consiste o negócio?
  • Quais são os produtos e/ou serviços do seu negócio?
  • Quem serão seus clientes mais ativos?
  • Onde estará localizada a sua empresa?
  • Qual é o total de capital investido no seu negócio?
  • Quanto a empresa terá de faturamento mensal?
  • Qual lucro o seu negócio espera ter?
  • Quanto tempo acredita que o capital investido retorne para o seu bolso?

Experiência Profissional e Qualidades dos Empreendedores

Nessa parte do Plano de Negócios você irá detalhar todos os dados relacionados com a capacidade e experiência profissional de cada empreendedor envolvido na empresa, incluindo também uma boa apresentação do perfil de cada um.

Procure utilizar essa parte em algum momento ou área do seu negócio para benefício dele, como, por exemplo, na descrição do “Quem Somos” de sua empresa no novo site dela na internet e também em outra mídia publicitária.

Você precisa ter alguns cuidados ao escolher seus sócios. Alguns desses cuidados são:

  • Avalie se os objetivos e desejos dos sócios são coerentes entre si e não estão indo contra a ética, boa moral e honestidade, uma vez que sucesso vem após trabalho e empenho.
  • Deixe bem claro que atividades os sócios irão ter e em que horários irão atuar e também defina o grau de tomada de decisões de cada um, isso tudo antes de abrir sua empresa definitivamente.
  • Quanto ao pró-labore, que é a remuneração dos donos da empresa, procure deixar bem claro quanto cada um irá receber dos lucros da empresa e também defina com clareza quanto será reinvestido para que a empresa cresça.
  • Na escolha de funcionários, deixe definido se familiares poderão trabalhar na empresa e adote um sistema de sucessão caso algum funcionário não possa trabalhar mais por alguma razão.
  • Em uma empresa sempre há alguns conflitos. Isso é normal, mas o mais importante é você definir como os problemas serão solucionados, então procure sempre a transparência e a conversa entre todos através de reuniões. Não leve as coisas no temperamento sanguíneo.
  • Tenha o cuidado de não convidar um sócio que tenha problemas com a Receita Federal, INSS ou qualquer outro órgão do governo uma vez que isso poderá causar dificuldades na obtenção de crédito junto aos bancos, fornecedores e outros recursos que se necessite para um maior crescimento do negócio.

Todo o Negócio Tem Uma Missão. Qual Será a Missão do Seu Negócio?

Como Criar um Plano de negócios - MissãoToda a empresa tem uma missão junto a sociedade oferecendo algum tipo de produto ou solução através de prestação de serviços. Identifique qual é a real missão do negócio que você está abrindo. Vejamos como exemplo, uma empresa que dá manutenção em veículos. Sua missão será ajudar os clientes a resolver problemas em seus veículos da melhor maneira possível e com maior rapidez, melhor preço, ótima qualidade e trazendo satisfação e segurança àquele que estiver necessitando dos serviços dela.

Quanto ao Modelo Jurídico Como Será Sua Empresa?

Toda a empresa deve ser formalmente constituída por um modelo jurídico que irá ditar as regras necessárias e em harmonia com a lei para que a empresa funcione corretamente e possa se relacionar bem com todas as camadas que ela atingir, seja social ou jurídica.

As mais comuns formas jurídicas empregados em micro e pequenas empresas são:

Microempreendedor Individual (MEI) – Empreendedor que trabalha por conta própria e que busca legalização como pequeno empresário de acordo com a atividade que pratica, necessitando ela estar presente na lista de atividades permitidas para o MEI. O empreendedor por abrir o seu MEI diretamenta e gratuitamente pela internet no site www.portaldoempreendedor.gov.br.

Empresário Individual – Empreendedor que na pessoa física exerce atividade econômica com o objetivo de produção ou de circulação de bens e serviços, e irá responder com seu patrimônio pessoal pelas obrigações que a empresa vier a contrair.

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) – Empreendedor que constitui empresa com apenas a participação dele mesmo e é titular de todo o capital social. Essa empresa não responde com bens pessoais, mas sim apenas responde por dívidas com seu patrimônio.

Sociedade Limitada – empresa em que todos respondem em comum acordo pela integralização do capital social e é uma sociedade de no mínimo duas pessoas sócias que podem ser físicas ou jurídicas e a responsabilidade de cada sócio é limitada ao valor das cotas que possui.

 

Para continuar nesse assunto muito importante, convido você a ler e imprimir o PDF que o SEBRAE disponibiliza sobre plano de negócios onde você irá encontrar também exercícios de como criar o seu próprio plano de negócios. Esse tutorial é ótimo e bom ter sempre em mãos durante o processo de criação da sua empresa. Clique aqui para acessá-lo!

Deixe um Comentário


CAPTCHA Image